quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Um dia feliz



Desconfio que você quer ser feliz, e por mais absurdas que sejam as suas atitudes, essa mania de achar que tudo vai dar errado, que você precisa passar por essa situação, de não acreditar no seu potencial como deveria, ainda assim, eu desconfio que você quer ser muito feliz.

Por isso, faça desse dia que é um presente, uma aposta na sua capacidade de transformar.

Tenha o melhor dia de sua vida, que vai influenciar a minha, porque eu desconfio, que você é feito de alegria, que tem o infinito poder de
contagiar,
de dar amor sem medidas e convencer, a vida e aqueles que te cercam, que você é sensacional, e tem muito para mostrar.

Eu desconfio que hoje, todos os anjos e santos vão te ouvir, vão te cercar de carinho, e por onde andar, vai sentir a benção de ser amado, de ter em algum lugar,
alguém
que se preocupa com você, e se a solidão bater, se a dor for mais forte, não fique no escuro, procure a Luz, lembre-se de que estou aqui, seu eterno amigo, Jesus


Bom dia!!  

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Ternura, Amor e Solidão



 
“Se a brisa da manhã tocar o teu rosto e num gracejo fogoso fizer teus cabelos brincar, saiba que é um carinho meu, que sem querer dizer adeus, pedi ao vento para te entregar…

Se ao andar pelas matas sentir o cheiro da vida, de folhas secas e molhadas, perfume de flores,
pode ser jasmim ou qualquer coisa assim, é ainda a minha mensagem que vai com o meu perfume, para você jamais esquecer de mim…

Ao ouvir o barulho de água cristalina, limpa, pura, vai te lembrar
minhas loucuras
tentando te conquistar. Uma cachoeira barulhenta vai te lembrar minha risada quando eu só queria te encantar…

E ao ouvir pássaros cantando, em alguns galhos namorando, recordará algumas
canções que a gente
escutava, sentados em qualquer cantinho, deixando a canção dizer o que havia em nossos corações…
Se uma gota
de orvalho atrevida em tua face pingar e mais uma outra, ainda insistente, cair, é apenas uma lágrima que escorregou, é essa imensa saudade a me consumir…

E, ao cair da tarde, quando tudo for silêncio…olhe para o horizonte , escuta quando a noite chegar… a mesma estrela
vai te dizer que,
mesmo que nunca mais te encontre, eu jamais vou te esquecer…”

Bom dia!

domingo, 28 de outubro de 2012

Atitude



Sinto dizer que sem esforço nada vai acontecer!
Não adianta reza forte, nem macumba com 20 velas.
Se você não se decidir pelo primeiro passo,
se você não sair desse quarto,
nem os anjos e nem Jesus poderão te ajudar,
se você não se ajudar!

Quer emagrecer?
Caminhe todos os dias,
pare de dizer que não tem dinheiro para a academia.
A rua é livre, de graça e está te esperando, seja noite, seja dia.

Quer um novo emprego?
Estude algo novo, aprenda um pouco mais do seu ofício, faça a diferença
e as empresas vão correr atrás de você!

Quer um novo amor?
Saia para lugares diferentes assista a um bom filme,
leia um bom livro, abra a cabeça, mude os pensamentos,
e o amor vai te encontrar no metrô, no ônibus, na calçada,
e em qualquer lugar, pois você será de se admirar.
Pessoa que encanta só de olhar...

Quer esquecer alguém que te magoou?
Enterre as lembranças e o infeliz!
Valorize-se criatura!
Se você se valoriza, sabe quanto vale,
sabendo quanto vale não se troca por qualquer coisa.
Se alguém te deixou é porque não sabe o seu valor.
Logo, enterre a criatura no lago dos esquecidos.
E rumo ao novo que o novo é sempre mais gostoso...

Quer deixar de dever?
Pare de comprar.
Não faça dívida para pagar dívidas!
Nunca! Jamais!
Faça poupança e peça para o povo esperar.
“Devo, não nego, pago quando puder.”
Assim, a cabeça fica livre e você vai trabalhar.
Em breve, não terá mais nada para pagar...


Quer esquecer uma mágoa?
Limpe o seu coração, esvazie-se...
Quem tem equilíbrio não guarda mágoas.
Só as pessoas com problemas emocionais é que se ressentem.
Ficam guardando uma dor, alimentando como se fosse de estimação.
Busque o equilíbrio emocional. Doe-se, ame mais e tudo passa.

Quer viver bem?
Ame-se!

Felicidade é gratuita, não custa nada.
É fazer tudo com alegria, nos mínimos detalhes.
Pergunte-se e se achar resposta que te satisfaça, comece tudo de novo:
- Pra que 2 celulares (1 pra cada orelha?)?
- Pra que 3 computadores, se não tem uma empresa?
- 4 carros?
- 6 quartos se é você e mais 1 ou 2?
- 40 pares de sapato, se tem apenas 2 pés ?
A vida pede muito pouco e nós precisamos de menos ainda.

Acorde enquanto é tempo e comece a mudança,
antes que o tempo venha e apite o final do seu jogo!
Espero que você pelo menos tenha vencido a partida.

Seja feliz!

sábado, 27 de outubro de 2012

Ser transparente



Porque é tão difícil ser transparente…

Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros.
Mas ser transparente é muito mais do que isso.
É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que a gente sente…
Ser transparente é deixar cair as máscaras, baixar as armas, destruir os imensos e grossos muros que insistimos tanto em nos empenhar para levantar…
Mas infelizmente, quase sempre, a maioria de nós decide não correr esse risco.
Preferimos a dureza da razão à leveza que exporia toda a fragilidade humana.
Preferimos o nó na garganta às lágrimas que brotam do mais profundo de nosso ser…
Preferimos nos perder numa busca insana por respostas imediatas a simplesmente nos entregar e admitir que não sabemos, que temos medo!!!
Por mais doloroso que seja ter de construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim:
manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção.
E assim, vamos nos afogando mais e mais em falsas palavras, em falsas atitudes, em falsos sentimentos…
Não porque sejamos pessoas mentirosas, mas apenas porque nos perdemos de nós mesmos e já não sabemos onde está nossa brandura, nosso amor mais intenso e não-contaminado…
Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar… doçura, compaixão…
aprendemos que é melhor revidar, descontar, agredir, acusar, criticar e julgar do que simplesmente dizer:
“Pode parar, por favor!”.
Porque aprendemos que dizer isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro.
Quando, na verdade, se agíssemos com o coração, poderíamos evitar tanta dor, tanta dor…
Precisamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis…
Que consigamos não tentar controlar tanto, responder tanto, competir tanto…
Que consigamos docemente viver… sentir, amar…
 
Autora: Rosana Braga

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Não é preciso



Não é preciso que você tenha todas as virtudes. Importa que boa parte delas estejam na sua pauta diária, como metas a serem alcançadas gradativamente.
 
Não é preciso que você seja perfeito. Importa que você manifeste generosamente aquela parcela do seu Ser que já é pura luz e perfeição. Não é preciso que você seja santo. – Somos todos pecadores…
 
Importa o veredicto da sua própria consciência quando a sós consigo mesmo e o firme propósito de não incorrer nas mesmas transgressões, por você reconhecidas. Não é preciso que você ame seus inimigos.
 
Importa que suas atitudes de legítima bondade e retidão desfaçam os liames de ódio que os mantêm atrelados a sua pessoa.

Não é preciso que você seja um pilar de forças e sabedoria. Importa compreender que neste mundo somos todos frágeis e carentes aprendizes, passando pelas muitas provas que a vida nos oferece a cada dia.
 
Não é preciso que você seja um vencedor aos olhos do mundo. Importa sim, a paz advinda daquelas pequenas vitórias diárias que só você e tão somente você conhece.
 
Não é preciso que você seja popular, famoso, amado ou benquisto. Importa primeiro que você se ame e se respeite, pelo sincero reconhecimento daquela Divina Centelha que habita seu Ser, de forma singular e inigualável.
 
Sorria sempre! Diga “muito obrigado” em todas as situações e que em seus lábios sempre haja uma palavra de louvor!
 
(Fátima Irene Pinto)

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O frio que vem de dentro





Quatro homens ficaram bloqueados numa caverna por uma avalanche de neve. Teriam que esperar até o amanhecer para poderem receber socorro. Cada um deles trazia um pouco de lenha e havia uma pequena fogueira ao redor da qual eles se aqueciam. Se o fogo apagasse, todos morreriam de frio antes que o dia clareasse. Chegou a hora de cada um colocar sua lenha na fogueira. Era a única maneira de poderem sobreviver.
O primeiro homem era um rico avarento. Ele estava ali porque esperava receber os juros de uma dí­vida. Olhou ao redor e viu um cí­rculo em torno do fogo bruxuleante, um homem da montanha, que trazia sua pobreza no aspecto rude e nas roupas remendadas. Ele fez as contas do valor da sua lenha e enquanto mentalmente sonhava com o seu lucro, pensou: – Eu, dar a minha lenha para aquecer um preguiçoso?
O segundo homem era negro. Seus olhos faiscavam de ira e ressentimento. Não havia qualquer sinal de perdão ou mesmo aquela superioridade moral que o sofrimento ensinava. Seu pensamento era muito prático: – É bem provável que eu precise desta lenha para me defender. Além disso, eu jamais daria minha lenha para salvar aqueles que me oprimem. E guardou suas lenhas.
O terceiro homem era o pobre da montanha. Ele conhecia mais do que os outros os caminhos, os perigos e os segredos da neve. Ele pensou: – Esta nevasca pode durar vários dias. Vou guardar minha lenha.
O último homem trazia no rosto e nas mãos os sinais de uma vida de trabalho. Seu raciocí­nio era curto e rápido. – Esta lenha é minha. Custou o meu trabalho. Não darei a ninguém nem mesmo o menor dos meus gravetos. Com estes pensamentos, os homens permaneceram imóveis. A última brasa da fogueira se cobriu de cinzas e finalmente apagou.
Ao alvorecer, quando os homens do socorro chegaram  nacaverna encontraram os cadáveres congelados, cada qual segurando um feixe de lenha. Vendo aquele triste quadro, o chefe da equipe disse:
- O frio que os matou não foi o frio de fora, mas o frio de dentro.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Entusiasmo

 
 
No mundo de hoje, na empresa de hoje, é preciso ser entusiasmado.
A pessoa entusiasmada é aquela que acredita em sua capacidade de transformar as coisas, de fazer com que elas dêem certo.
Entusiasmada é a pessoa que acredita em si.
Acredita nos outros.
Acredita na força que as pessoas têm de transformar o mundo e a própria realidade.
E só há uma maneira de ser entusiasmado.
É agir entusiasticamente!
Se esperarmos ter as condições ideais primeiro para depois nos entusiasmarmos, jamais nos entusiasmaremos com coisa alguma.
Não é o sucesso que traz o entusiasmo, é o entusiasmo que traz o sucesso.
Há pessoas que ficam esperando as condições melhorarem, a vida melhorar, o sucesso chegar, para depois se entusiasmarem.
A verdade é que jamais se entusiasmarão com coisa alguma.
O entusiasmo é que traz a nova visão da vida.
Como vai seu entusiasmo pelo país, por sua empresa, por seu emprego, por sua família, por seus filhos, pelo sucesso de seus amigos?
Se você é daqueles que acham impossível entusiasmar-se com as condições atuais, acredite: jamais sairá dessa situação.
É preciso acreditar em você.
Acreditar na sua capacidade de vencer, de construir o sucesso, de transformar a realidade. Deixe de lado todo o negativismo.
Deixe de lado o ceticismo. Abandone a descrença e seja entusiasmado com sua vida e, principalmente, entusiasmado com você.
Você verá a diferença.

domingo, 21 de outubro de 2012

Mudanças

 


Havia uma fazenda onde os trabalhadores viviam tristes e isolados uns dos outros. Eles estendiam suas roupas surradas no varal e alimentavam seus magros cães com o pouco que sobrava das refeições. Todos que viviam ali trabalhavam na roça do Sr. João, dono de muitas terras, que exigia trabalho duro, pagando muito pouco por isso.

Um dia, chegou ali um novo empregado, cujo apelido era Zé alegria. Era um jovem agricultor em busca de trabalho. Foi admitido e recebeu, como todos, uma velha casa onde iria morar enquanto trabalhasse ali.

O jovem, vendo aquela casa suja e abandonada, resolveu dar-lhe vida nova. Cuidou da limpeza e, em suas horas vagas, lixou e pintou as paredes com cores alegres e brilhantes, além de plantar flores no jardim e nos vasos. Aquela casa limpa e arrumada destacava-se das demais e chamava a atenção de todos que por ali passavam.

Ele sempre trabalhava alegre e feliz na fazenda, por isso tinha o apelido de Zé alegria. Os outros trabalhadores lhe perguntavam: como você consegue trabalhar feliz e sempre cantando com o pouco dinheiro que ganhamos?

O jovem olhou para os amigos e disse: bem, este trabalho hoje é tudo que eu tenho. Ao invés de blasfemar e reclamar, prefiro agradecer por ele. Quando aceitei trabalhar aqui, sabia das condições. Não é justo que agora que estou aqui, fique reclamando. Farei com capricho e amor àquilo que aceitei fazer. Os outros que acreditavam ser vítimas das circunstâncias, abandonados pelo destino, o olhavam admirados e comentavam entre si: "como ele pode pensar assim?"

O entusiasmo do rapaz, em pouco tempo, chamou a atenção do fazendeiro, que passou a observá-lo à distância. Um dia o Sr. João pensou: "alguém que cuida com tanto carinho da casa que emprestei, cuidará com o mesmo capricho da minha fazenda". "Ele é o único aqui que pensa como eu. Estou velho e preciso de alguém que me ajude na administração da fazenda".

Num final de tarde, foi até a casa do rapaz e, após tomar um café bem fresquinho, ofereceu ao jovem o cargo de administrador da fazenda. O rapaz aceitou prontamente.

Seus amigos agricultores novamente foram lhe perguntar:



"O que faz algumas pessoas serem bem sucedidas e outras não?"



A resposta do jovem veio logo: "em minhas andanças, meus amigos, eu aprendi que: não somos vítimas do destino. Existe em nós a capacidade de realizar e dar vida nova a tudo que nos cerca. Toda pessoa é capaz de efetuar mudanças significativas. Mas, o que geralmente ocorre é que, ao invés de agirmos, jogamos a responsabilidade do nosso insucesso nos ombros alheios. Sempre encontramos alguém a quem culpar pela nossa infelicidade, esquecidos de que ela só depende de nós mesmos".


Reflita sobre isso!

sábado, 20 de outubro de 2012

O Imperador

 
 
Um Imperador chinês estava morrendo e não tinha filhos para assumirem o trono. Ele iria então escolher um dentre milhares de chineses “comuns” para substitui-lo. Reuniu todos os chineses em frente ao palácio.
Deu a cada um deles uma semente (de flores distintas).
Aquele chinês que plantasse a semente, cuidasse dela com muito carinho e apresentasse a mais bela das flores seria o próximo Imperador da China.
Na data marcada, na praça em frente ao palácio, haviam milhares de chineses com vasos lindos e flores ainda mais belas.
Flores azuis, rosas e amarelas…
O Imperador então levantou-se e foi até a multidão.
Caminhou durante uma hora no meio daquelas flores maravilhosas.
Foi então que escutou um pequeno menino agachado, chorando.
Perguntou ao garoto o que havia.
O Pequeno chinezinho mostrou um vaso feio, somente com terra e nem sinal de flor alguma. Disse ao Imperador que havia plantado a semente e que nada havia acontecido.
Trocara a terra e pusera mais água e nada mudou. 
A planta simplesmente não nasceu.
O Imperador então voltou ao seu trono e disse aquela multidão que o rapaz que estava chorando era o herdeiro do seu trono.
Disse que havia distribuído sementes secas e mortas a todos.
A honestidade e a coragem do rapaz em enfrentar uma multidão com um vaso feio e sem flor o fizera tomar tal decisão.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Enigmas




Querem saber como vivo? ... lhes direi... Vivo do vento que me mantém lúcida e acordada para que eu não adormeça na caminhada. Vivo do mar que me limpa do cansaço da luta e me recompõe para que eu continue.

Vivo das cores que me ensinam os remédios e os alimentos para que eu sobreviva forte para trabalhar. Vivo da riqueza do meu melhor esforço...

Meu amor. Planto-o por onde passo! Não perco nem mesmo a terra de um vaso quebrado pois ali a semente germina. E sou feliz assim! Sou simples  pois preciso de pouco! Sou calma pois aprendi a esperar! Tudo vem!

E o campo arado e adubado produz coisas melhores que valem a pena ser preservadas! Falo pouco pois optei por grandes ocupações como um trabalho escolhido de ouvir e por isso não me sobra tempo para as palavras!

Penso muito... mas corretamente! Desejo só o necessário! Ocupo pouco espaço! E por isso não sofro por possuir! Sou feliz! Sou abençoada! Sou reconfortada! Sou apreciada! Sou aquilo que todos lutam para obter!

Querem saber
quem sou eu? Já que sabem como vivo?

Sou A Paz!

Bom dia!!

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Não leve tão a sério



Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério!


Pense que a camada de pó vai proteger a madeira que está por baixo dela!

Antigamente eu gastava no mínimo 8 horas por semana para manter tudo bem limpo, caso "alguém aparecesse para visitar" - mas depois descobri que ninguém passa "por acaso" para visitar - todos estão muito ocupados passeando, se divertindo e aproveitando a vida!
E agora, se alguém aparecer de repente?
Não tenho que explicar a situação da minha casa a ninguém...




...as pessoas não estão interessadas em saber o que eu fiquei fazendo o dia todo enquanto elas passeavam, se divertiam e aproveitavam a vida...



Caso você ainda não tenha percebido: A VIDA É CURTA... APROVEITE-A!!!


Tire o pó... se precisar
...




Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta,
dar um passeio ou visitar um amigo,
assar um bolo e lamber a colher suja de massa, plantar e regar umas sementinhas?

Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR !
Tire o pó... se precisar...

Mas você não terá muito tempo livre...



Para beber champanh
e, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas,brincar com os cachorros,
ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!!

Tire o pó...
se precisar...



Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente....

- Pense bem, este dia não voltará jamais!!!

Tire o pó... se precisar...

mas não se esqueça que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora...



E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!!



Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha, mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou.

AFINAL:
"Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida."

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O velho pinheiro



"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." Mateus 11.28

Um dia, diante de uma velha árvore torta, um pinheiro todo vergado pelo tempo, o sábio da aldeia ofereceu a sua própria casa para aquele discípulo que ”conseguisse ver o pinheiro na posição correta”.
Todos se aproximaram e ficaram pensando na possibilidade de ganhar a casa e o prestígio, mas como seria ”enxergar o pinheiro na posição correta”?
O mesmo era tão torto que a pessoa candidata ao prêmio teria que ser no mínimo contorcionista…
Ninguém ganhou o prêmio e o velho sábio explicou ao povo ansioso, que ver aquela árvore em sua posição correta era “vê-la como uma árvore torta”.
Só isso!
Nós temos em nós, esse jeito, essa mania de querer “consertar as coisas, as pessoas, e tudo mais” de acordo com a nossa visão pessoal.
Quando olhamos para uma árvore torta é extremamente importante enxergá-la como árvore torta, sem querer endireitá-la, pois é assim que ela é.
Se você tentar “endireitar“ a velha árvore torta, ela vai rachar e morrer…
… por isso é fundamental aceitá-la como ela é.
Nos relacionamentos é comum um criar no outro expectativas próprias, esperar que o outro faça aquilo que ele ”sonha” e não o que o outro pode oferecer.
Sofremos antecipadamente por criarmos expectativas que não estão alcance dos outros.
Porque temos essa visão de ”consertar” o que achamos errado.
Se tentássemos enxergar as coisas como elas realmente são, muito sofrimento seria poupado.
Nos relacionamentos é comum um criar no outro expectativas próprias, esperar que o outro faça aquilo que ele “sonha“ e não o que o outro pode oferecer.
Sofremos antecipadamente por criarmos expectativas que não estão alcance dos outros.
Porque temos essa visão de “consertar“ o que achamos errado.
Se tentássemos enxergar as coisas como elas realmente são, muito sofrimento seria poupado.
Os pais sofreriam menos com os seus filhos, pois conhecendo-os, não colocariam expectativas que são suas, na vida dos mesmos, gerando crianças doentes, frustradas, rebeldes, e até vazias.
Tente, pelo menos tente, ver as pessoas como elas realmente são, pare de imaginar como elas deveriam ser, ou tentar consertá-las da maneira que você acha melhor.
O torto pode ser a melhor forma de uma árvore crescer.
Não crie mais dificuldades no seu relacionamento, se vemos as coisas como elas são, muitos dos nossos problemas deixam de existir, sem mágoas, sem brigas, sem ressentimentos.
E para terminar, olhe para você mesmo com os “olhos de ver” e enxergue as possibilidades, as coisas que você ainda pode fazer e não fez.
Pode ser que a sua árvore seja torta aos olhos das outras pessoas, mas pode ser a mais frutífera, a mais bonita, a mais perfumada da região, e isso, não depende de mais ninguém para acontecer, depende só de você.
Eu acredito em você !
Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Caráter

 
 
Caráter é um conjunto de características e traços particulares que caracterizam um indivíduo ou um grupo. É uma qualidade inerente a uma pessoa desde o seu nascimento, refletindo o seu modo de ser.

O caráter não sofre as influências do meio, uma vez que ele é próprio de cada pessoa. Já a personalidade, o humor e o temperamento podem sofrer alterações em função da adaptação familiar, pedagógica e social do indivíduo.

O conjunto das qualidades e defeitos de uma pessoa é que vão determinar a sua conduta e a sua moralidade. Os seus valores e firmeza moral definem a coerência das suas ações, do seu procedimento e comportamento.
...

Uma pessoa "sem caráter", geralmente é qualificada como desonesta, pois não apresenta firmeza de princípios ou de moral. Por outro lado, uma pessoa "de caráter" é alguém com formação moral sólida e incontestável.

O caráter quando é forte, não se deixa levar por alguma proposta de uma via mais fácil para a realização de algo. Mesmo se naquele momento parece ser o melhor caminho a seguir, é o caráter que vai determinar a escolha do indivíduo.

O caráter é modelado através da experiência, cultura, educação e formação familiar e pode ser sempre aperfeiçoado com perseverança e determinação.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O maior presente

 
 
 

O professor é um semeador cuja habilidade maior é cultivar terrenos de todas as espécies por meio de instrumentos, no mínimo, peculiares: a palavra, o amor, o afeto, o respeito, a dedicação e a esperança. Essas são as ferramentas utilizadas no exercício diário do magistério - uma espécie de agricultura mágica que possibilita não só o alimento do corpo, mas também do espírito. O educador é esse ser real, mas, ao mesmo tempo, mítico, porque lança sementes àqueles que serão os homens e mulheres do futuro. Sua missão possibilita a transformação, a renovação e a vitalidade de novas colheitas e novos frutos. Ser um educador/semeador significa proporcionar aos aprendizes das salas de aula do mundo os saberes necessários à realização dos sonhos e da transcendência.

Assim como os arautos da Era Medieval, o professor é, antes de tudo, um portador de boas-novas trazendo consigo mensagens claras: Há que se acreditar na educação como fonte de luz para os novos amanhãs. Há que se confiar na beleza do seu caminho e no colorido dessa trajetória. Há que se fazer do binômio ensino-aprendizado um passaporte rumo à viagem repleta de aventuras do conhecimento.

O educador garante às novas gerações a autoconfiança necessária para ousar, para realizar e para concretizar os sonhos individuais e coletivos que compõem a história da humanidade. Que neste dia 15 de outubro, todos nós, artesãos de sonhos, possamos crer: esse é o nosso maior presente.

Gabriel Chalita

domingo, 14 de outubro de 2012

Olhar pra trás



Um dia você vai lembrar de hoje e se perguntar por que teve tanto medo de agir. 
 
Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que deixou que tantos pequenos contratempos o atingissem.

Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que não foi
um pouco mais disciplinado
o  e focado.

Se pudesse olhar para trás daqui a dez anos, o que você lamentaria não ter feito?

Se pudesse olhar para trás, que coisas você consideraria como as mais importantes do dia de hoje?

Que oportunidades passam despercebidas hoje, seriam evidentes no futuro? Uma vida de real valor e significado é algo que se constrói com o tempo, não um prêmio que se ganha por sorte ou habilidades.
 
O dia de hoje é  uma oportunidade de construir a vida que você quer, uma oportunidade que não voltará.

O futuro é imprevisível, mas uma coisa é certa: você jamais se arrependerá de dar o melhor de si a cada momento.


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Tomando a iniciativa




Nossa natureza básica nos torna ativos, e não passivos. Isso significa que temos o poder não apenas de escolher respostas em circunstâncias determinadas, mas também de criar circunstâncias. Tomar iniciativa não significa ser agressivo, insistente ou chato. Significa reconhecer a responsabilidade de fazer com que as coisas aconteçam.

Por exemplo: quem deseja um emprego melhor ou uma promoção tem que mostrar mais iniciativa, fazer testes de aptidão, cursos de aperfeiçoamento, estudar seu ramo de negócios,
além de conhecer a fundo os problemas específicos das empresas de seu interesse para, depois, mostrar como suas habilidades podem ajudar a resolver as questões da organização.

Esse tipo de iniciativa leva o nome de “venda de soluções” e é um dos pontos chave para quem quer alcançar o sucesso profissional.

Mas,
para muitas pessoas falta a iniciativa para dar os passos necessários, para fazer a coisa acontecer. São pessoas que ficam à espera de que algo aconteça, ou que alguém tome conta delas.

Elas não percebem que quem consegue os melhores empregos são os profissionais pro-ativos, aqueles que representam solução, e não mais problemas; são os que aproveitam a iniciativa para fazer tudo que é preciso, em harmonia com seus princípios, para que as tarefas sejam cumpridas.

Portanto, se você esperar que os outros façam o que você poderia e deveria fazer, você será um passivo, estará contrariando a sua natureza básica e provavelmente não conseguirá o que deseja.

O crescimento e as oportunidades estão reservadas para os ativos, para quem toma a iniciativa.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Sucesso e talento




Sucesso é conseqüência de talento 


Às vezes, o brilho do sucesso deixa algumas pessoas nervosas, mas mesmo assim o nosso brilho tende a ser um guia para outras pessoas.

Graças ao talento e brilho de Emerson Fittipaldi, hoje existem vários pilotos na Formula
1.
Graças ao brilho de Guga, atualmente existem muitas pessoas praticando o tênis. Por isso não tenha medo de brilhar.

Nosso maior medo não é sermos inadequados... Nosso maior medo é sermos poderosos além da medida. É nossa luz, e não nossa sombra, que nos amedronta.
Se você se pergunta
“quem sou eu para ser brilhante, magnífico, talentoso e fabuloso?”, eu pergunto: “quem é você para não o ser?” Se você se anular, isso não vai adiantar nada para o mundo. Não é nada bom "encolher-se" para que as pessoas ao seu redor se sintam seguras. Nascemos para manifestar a grandeza que está dentro de nós. Ela não está apenas em alguns de nós, está em todos - e, quando deixamos nossa própria luz brilhar, conscientemente damos permissão às outras pessoas para fazerem o mesmo.

Quando
nos libertamos de nossos temores, nossa presença automaticamente liberta os outros. Rejeite convicções limitadoras.

E brilhe... pois tem muita gente torcendo por você!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Ventos e tempestades



Um escritor inglês, do século passado, conta em uma de suas obras que na praia perto de sua casa, uma coisa muito interessante podia ser vista com freqüência; um navio lançando a sua âncora no mar enfurecido.

Dificilmente existe uma coisa mais interessante ou sugestiva do que essa. O navio dança sobre as ondas. Parece estar sob o poder e à mercê delas, O vento e a água se combinam para fazer do navio o seu brinquedo. Parece que vai haver destruição; pois se o casco do navio for lançado sobre as rochas, será despedaçado.

Mas observamos que o navio mantém a sua posição. Embora à primeira vista parecesse um brinquedinho desamparado à mercê dos elementos, o navio não é vencido. Qual é o segredo da segurança deste navio?

Como pode resistir às forças da natureza com tanta tranqüilidade? Existe segurança para o navio no meio da tempestade porque ele está ancorado!  A corda à qual ele está amarrado não depende das águas, nem de qualquer outra coisa que flutue dentro delas.

Ela as atravessa e está fixada no fundo sólido do mar. Não importa quão forte o vento sopre ou quão altas sejam as ondas do mar... A sua segurança depende da âncora que está imóvel no fundo do oceano. Muitas vezes nos sentimos no meio de uma tormenta, sendo jogados pelas ondas da vida para cima e para baixo e açoitados pelo vento da adversidade.

Parece-nos, às vezes, que não conseguiremos sobreviver a determinados períodos de nossas vidas. Sem uma vida espiritual, a nossa vida é como um navio sacudido pelo mar enraivecido das circunstâncias incontroláveis da vida. Mas, confiando em Deus, experimentamos sua presença e amor como âncora da nossa vida.

Nos sentimos encorajados e esperançosos. Essa esperança mantém segura e firme a nossa vida, assim como a âncora mantém seguro o barco.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Mude sua rotina

 
 
 
Você anda meio aborrecido com tudo? Cansado do seu trabalho diário? Sem vontade de estudar? Perdeu o gosto pelas coisas? Então está na hora de você mudar de rotina de vida!

No mundo moderno o maior causador de estresse é o acumulo de energias humanas em ações repetitivas.
Concentre-se neste
momento de reflexão e quebre algumas regras e paradigmas.

Mude hoje mesmo os seus padrões de trabalho, as suas rotinas operacionais, as suas atitudes e os seus hábitos familiares.
Aproveite o dia
para sair pelo mundo a divagar, com o pensamento bem longe da realidade e muito próximo dos sonhos.

Saia para tomar um sorvete às três da tarde, bem na hora do expediente.
Quem sabe
, convidar um amigo para aquele bate papo gostoso no meio da tarde.

Desde já
fique sabendo de uma verdade: o mundo e as coisas ao seu redor não irão parar porque você resolveu dar algumas horas de folga pra você mesmo.

domingo, 7 de outubro de 2012

Envelhecer



Envelhecer explodindo de vida, alimentando-se do prazer. Envelhecer com os amigos, com os vizinhos, sem importar-se muito com o dogma e a sombra do preconceito. Envelhecer na santa paz de Deus, com a genética que Ele nos deu, envelhecer com Fé. Fé, paciência divina, que sustenta o espírito e faz da alma um menino travesso, sapeca e feliz... Fé de um guerreiro e de um aprendiz.
Envelhecer com a saliva e o paladar presentes na boca, com as lágrimas banhando os olhos, com a pele bronzeada pelo sol e pela lua, envelhecer com um sorriso largo no rosto afável, envelhecer como o bem que se quis, enxergando-se à frente do nariz.

Envelhecer não é tão doloroso assim. Para alguns é o fim do mundo, e eu me pergunto: - O mundo tem fim? Envelhecer é ganhar do tempo o tempo exato e lapidado para saber aproveitar, compartilhar, multiplicar todas as belezas e obras do sol nascente. Por que a sua idade mente?

Envelhecer é fazer da abobrinha o prato do dia e do açúcar a festa de domingo. Envelhecer é comer pela manhã, exercitar o corpo à tarde e relaxar ao anoitecer. É ir a praia, ao mercadinho, é ver novela, é ir ao cinema, ao shopping, é estar perto do que temos direito, é ser livre, é valorizar a pátria das células, o sangue que transita nas veias, e controlar a oxidação dos tecidos. Envelhecer é trazer no peito a medalha dos filhos, dos netos, dos bisnetos... é ver a cegonha várias vezes por ano, milhares de vezes sobrevoando o céu. Envelhecer é dar o colo confortável, o ombro, o abraço, o beijo apaixonado na face de um mimo querido. Saber envelhecer é qualquer carinho!

O que são as doenças? Elas dão na gente e não nas pedras, dizia a minha avó. Nunca escolhe o dia mais certo ou o mais errado para chegar e nem mesmo bate a nossa porta como uma convidada exemplar. Doença é coisa de velho... você tem certeza do que fala ou pensa???. Cuidado com a sua crença.

O controle da mente, a vontade de existir, a mão firme mesmo que frágil, um dia menos triste, espanta qualquer vírus, nos livra da maca, do convênio e da emergência.

Envelhecer é estar de bem com as árvores, é ver o pássaro colorido, é respeitar o tempo da felicidade, é gostar-se como se gosta dos amigos. Envelhecer é cantar, dançar, acreditar na sabedoria. Envelhecer é algo que me anima, possui ritmo e melodia. É experimentar prazeres e galgar descobertas.

Ah, este envelhecer transformou-se em arte, Van Gogh, Monet, Sinatra. Envelhecer é dar bombom aos netos, é brindar a tecnologia. Meu avô, minha avó... Velhos amados, que eu pude ter. Estar velho, antigo, idoso seja qual for o nome dado, importa muito pouco o rótulo. Importa muito mais a garantia de vida. Os hormônios, a atividade física, são recursos que podemos optar sem desmerecê-los. O sexo está no desejo e devemos a ele saciar.

Amigos, aproveitem, envelheçamos sem preconceitos, quero vê-los na casa dos 90 com os nossos 30, 40, 50 e etc.

Quero estar onde vocês estiverem, com ou sem rugas, com ou sem cabelos brancos, mas repletos de paz e alegria! A vida não se aprende nas cartilhas, ela está em nossas mãos! Envelhecer exige acima de tudo perseverança e muita paixão.

sábado, 6 de outubro de 2012

Sinta-se vivo




Ao longo da vida, vamos descobrindo aos poucos, pequenas coisas que nos dão certo prazer – mas, talvez, "prazer" não seja a palavra mais adequada... Afinal, são coisas que, além do prazer, nos fazem sentir que somos uma pessoa viva. Por exemplo: quando alguém atinge alguma conquista – como um carro novo.

Você já notou como essa pessoa o dirige no primeiro dia com ele nas mãos? É de maneira diferente, curtindo em profundidade aquele momento; um momento que faz com que a pessoa se sinta especial... Um momento que parece fazer com que aquela pessoa fique mais viva do que nunca.
...

É isso! Parecer uma pessoa mais viva do que nunca, sentir-se uma pessoa viva... Isso só é possível quando encontramos momentos mágicos que podem estar ao nosso alcance. E esses momentos não precisam ser, necessariamente, a aquisição de um desejo material. Pode ser um simples elogio recebido, uma frase dita na hora certa, ou até mesmo a chegada mais rápida do elevador naquele momento em que você estava com muita pressa.

Por isso, preste muita atenção a tudo de bom que acontece com você e festeje, porque aquele é o seu momento especial. E mais: relacione todas as coisas que despertam em você aquela sensação de “me sinto tão bem fazendo isso...” , e depois, faça essas coisas!

Você pode, você deve, você precisa. Afinal de contas, você merece se sentir uma pessoa viva, pois é para isso que estamos aqui: para viver e nos sentirmos vivos!

César Romão - Trecho do livro "Tudo vai dar certo"

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Há pessoas...


 
 
Há pessoas que estão entre nós, às vezes dentro do nosso lar,
que vivem na mais completa solidão.
Prestemos mais tenção naqueles que nos cercam e que são nossos companheiros de jornada.
São pessoas que se isolam e vivem num mundo só delas, muitas vezes vivenciando grandes conflitos existenciais. Há momentos raros em que buscam aproximar-se de nós, mas não percebemos, pois nos acostumamos com sua "ausência", já que dificilmente participam da convivência familiar, ou mesmo da vida social.
Esses irmãos geralmente trazem dentro de si dificuldades de convivência
e se temos maior entendimento, não podemos silenciar
e deixá-las de lado, como se fossem um objeto sem vida.
...
Não percamos a grande oportunidade de trazê-las junto á nós.
Ao contrário, busquemos compreendê-la e demonstrar com afeto,
carinho e amor, que são importantes para nós e que podem contar
conosco. Tenhamos paciência e procuremos ouvi-las sempre que
demonstrem a necessidade de falar, evitando as críticas
e o julgamento. Agindo dessa maneira poderemos evitar que
esse ser, filho de Deus, mergulhe no poço da solidão, do desânimo e da tristeza.
Deixemos fluir a alegria, a compreensão
e o nosso carinho, onde quer que estejamos, especialmente no lar,
pois não é à toa que convivemos com determinadas pessoas.
Deus, nosso Pai, sabe as razões. Façamos o que nos cabe
e só teremos motivos de satisfação!

Gotas de Paz

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Sentimentos e Emoções




Educa, os teus sentimentos e as tuas emoções para que consigas agir na vida de modo mais brando, sem te entregares a atitudes desvairadas que, de alguma forma, possam demonstrar desequilíbrio interior.



Canaliza os teus sentimentos pela fonte do amor, a fim de que, em sintonia com os bons pensamentos, eles possam levar-te a realizar algo de concreto em favor do bem do próximo. Sentimentos de tristeza geram atitudes negativas de egoísmo ou de insulamento.



Sentimentos de alegria tornam a vida mais amena, levando-te a agir com bondade perante aqueles que te cercam.



Controlando as tuas emoções, não te entregarás a atitudes perigosas e extremistas e que te levem a agir sem pensar.



Controlar, porém, não significa reprimir e sim, educar, para não retribuíres o mal com o mal, com manifestações de ódio ou desejos de vingança.



É natural que todos nós externemos as nossas emoções diante das situações inusitadas da vida. Porém, se soubermos educá-las, jamais permitiremos que as nossas emoções nos levem a praticar atos inconseqüentes e dos quais possa gerar algum remorso.



Emoções negativas e desequilibradas revelam embrutecimento da alma.



Contudo, emocionar-se perante acontecimentos dolorosos na vida de outros irmãos ou diante de pequeninos gestos de amor que nos sensibilizem o coração, demonstra crescimento interior. Unindo os bons pensamentos às emoções construtivas, muito poderemos realizar no campo do bem, permitindo-nos levar alegria, paz e esperança aos corações aflitos e desiludidos.



E, “Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem”, faze com que os teus sentimentos e emoções se transformem em realizações belas e nobres e que te engrandeçam aos olhos do Mestre Jesus.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Reconstruir



Não se espante com os problemas, nem se deixe levar pela maré, o que hoje parece ser o fim, pode ser recomeço, pode indicar um novo caminho, mesmo entre pilhas de destroço, como os japoneses depois da bomba atômica, encolhidos entre o sentar e chorar os mortos, ou pegar uma pá e reconstruir,.
Mesmo chorando a dor da perda, cada um pegou a sua pá e decidiram viver, e fazer um novo país, um novo modelo de país, sem guerras, sem revolta, com dedicação.
 
Talvez a sua vida pareça destruída por uma bomba, talvez você também esteja se sentindo encolhido, pequenininho entre as dores dos escombros, e o que sobrou de você é muito pouco…
 
Mas, eu lhe garanto que o dia se abre em POSSIBILIDADES, e que depende da sua decisão entre sentar e chorar, ou pegar uma pá e reconstruir, remover os cacos, e com os pedaços que se espalharam, construir.
 
Você pode construir a casa que desejar, depois da destruição da bomba, o terreno está limpo, cabe o que você sonhar, e depois de erguer sua nova casa pode ser que você descubra, que a antiga que você achava o máximo, era apenas um barracão cheio de sonhos.
 
Pegue a sua pá e vamos juntos reconstruir…
 
(Paulo Roberto Gaefke)

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Circulos fechados


 
 
É preciso saber sempre quando se acaba uma etapa da vida. Se insistimos em permanecer nela, depois do tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido do resto.
Não podemos estar no presente sentindo falta do passado.
 
O que aconteceu, aconteceu. Não podemos ser filhos eternamente, nem adolescentes eternos.
Os acontecimentos e as pessoas passam por nossas vidas e temos que deixá-los ir! Por isso, às vezes é tão importante esquecer de lembrar, trocar de casa, rasgar papéis, jogar fora presentes desbotados, dar ou vender livros…
Na vida ninguém joga com cartas marcadas, e a gente tem que aprender a perder e a ganhar. O passado passou: não espere que o devolvam. Também não espere reconhecimento, ou que saibam quem você é. A vida segue para frente, nunca para trás.
 
Se você anda pela vida deixando portas “abertas”, nunca poderá desprender-se, nem viver o hoje com satisfação. Casamentos, namoros ou amizades que não se fecham, possibilidades de “regresso” (a quê?), necessidade de esclarecimentos, palavras que não foram ditas, silêncios… Fazer a faxina emocional e arrumar espaço nas gavetas do futuro para o novo.
 
Não por orgulho ou soberba, mas porque você já não se encaixa ali, naquele lugar, naquele coração, naquela casa, naquele escritório, naquele cargo…
Você já não é o mesmo que foi há dois dias, há três meses, há um ano… Portanto, nada tem que voltar!!!


segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Cacos

 
 
"ao único que faz grandes maravilhas, porque a sua benignidade dura para sempre" Salmos 136.4

Em uma das catedrais da Inglaterra, existe uma bela janela por onde penetram os raios solares.


Ela apresenta fatos e personagens do Antigo e do Novo Testamento e as verdades e doutrinas gloriosas da revelação Cristã.


Esta janela foi fabricada por um artista utilizando apenas vidros quebrados que haviam sido descartados por um outro artista.

Grandes têm sido as nossas aventuras ao percorrer as estradas de nossos sonhos.


Nem sempre os caminhos são floridos e muitas vezes não conseguimos sentir o aroma das flores simplesmente porque elas não cresceram por onde passamos.


Encontramos somente pedras que machucam nossa perseverança, espinheiros que ferem nossa fé, poeira e lama que maculam os nossos anseios.


Tudo parece contribuir para que desanimemos e o castelo de nossos ideais, em ruínas, só nos mostram cacos e mais cacos de desesperança.

Devemos, então, desistir de todos os nossos sonhos depois de experimentar seguidos insucessos?


Devemos nos conformar com a derrota?


Claro que não!


O Artista Maior, o Grande Criador, pode trabalhar em nossas vidas usando simplesmente os cacos que julgávamos sem valor e descartáveis após inúmeros fracassos e decepções.


Quando tudo parece não ter jeito e sem solução, o Senhor opera grandes maravilhas transformando os pedaços em uma maravilhosa obra de arte, uma jóia de grande valor.


A velha natureza, sem qualquer beleza começa a tomar forma e brilho, irradiando o fulgor e a glória do nosso Senhor Jesus Cristo.

Você acha seu viver sem nenhum atrativo?


Deixe o Senhor operar em sua vida e logo ela começará a brilhar iluminando tudo ao redor.

Daniel Alfa