terça-feira, 31 de julho de 2012

Framboesa



"Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento." I Corintios 3.7

Observando um pé de framboesa que plantei alguns meses atras,

percebi que já havia flores.

Levou algumas semanas para as flores se tornaram fruto

Então comecei a observar seu fruto, bem pequeno, começou a aparecer gominhos, primeiro pensei que era amora e não framboesa, depois percebi que seus gominhos começaram a ficar mais gordinhos até que tomaram a forma da framboesa.

Todo dia cuidando daqueles frutinhos que aos poucos começaram a fica vermelho claro... escuro e começaram a ficar roxo bem clarinho...

imaginei que no outro dia estariam bem roxos e ansiosa pra colher cheguei até o pé e....alguém já tinha colhido.

Tamanha foi a minha surpresa ao ver que a frutinha não estava mais lá, mas lembrei da palavra de Deus

"Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento" e pensei outros colhem

Amigos quantas vezes levamos a palavra de Deus a vida das pessoas, plantamos a semente... outras pessoas e regam... o Senhor da o crescimento e ela é colhida por outra pessoa.

O importante de tudo isso é que Alguém colheu o fruto e esse fruto gerará mais frutos.

Que a cada dia possamos estar semeando mais no Reino de Deus, levando mais dEsse amor as famílias e lares.

Você já semeou hoje?

domingo, 29 de julho de 2012

Mensagem de um terapeuta



Sinto dizer que sem esforço nada vai acontecer!
Não adianta reza forte, nem macumba com 20 velas.
Se você não se decidir pelo primeiro passo, se você não sair desse quarto, nem os anjos e nada pode te ajudar, se você não se ajudar!

Quer emagrecer?
Caminhe todos os dias, pare de dizer que não tem dinheiro para a academia.
A rua é livre, de graça e está te esperando, seja noite, seja dia.

Quer um novo emprego?
Estude algo novo, aprenda um pouco mais do seu ofício, faça a diferença e as empresas vão correr atrás de você!

Quer um novo amor?
Saia para lugares diferentes assista a um bom filme, leia um bom livro, abra a cabeça, mude os pensamentos, e o amor vai te encontrar no metrô, no ônibus, na calçada, e em qualquer lugar, pois você será de se admirar.
Pessoa que encanta só de olhar...

Quer esquecer alguém que te magoou?
Enterre as lembranças e o infeliz!
Valorize-se criatura!
Se você se valoriza, sabe quanto vale, sabendo quanto vale não se troca por qualquer coisa.
Se alguém te deixou é porque não sabe o seu valor.
Logo, enterre a criatura no lago dos esquecidos.
E rumo ao novo que o novo é sempre mais gostoso...

Quer deixar de dever?
Pare de comprar.
Não faça dívida para pagar dívidas!
Nunca! Jamais!
Faça poupança e pede para o povo esperar.
"Devo, não nego, pago quando puder."
Assim, a cabeça fica livre e você vai trabalhar.
Em breve, não terá mais nada para pagar...

Quer esquecer uma mágoa?
Limpe o seu coração, esvazie-se...
Quem tem equilíbrio não guarda mágoas.
Só as pessoas com problemas emocionais é que se ressentem.
Ficam guardando uma dor, alimentando como se fosse de estimação.
Busque o equilíbrio emocional. Doe-se, ame mais e tudo passa.

Quer viver bem?
Ame-se!

Felicidade é gratuita, não custa nada.
É fazer tudo com alegria, nos mínimos detalhes.

Pergunte-se e se achar resposta que te satisfaça, comece tudo de novo:

- Pra que 2 celulares (1 pra cada orelha?)?
- Pra que 3 computadores, se não tem uma empresa?


A vida pede muito pouco e nós precisamos de menos ainda.
Acorde enquanto é tempo e comece a mudança,
antes que o tempo venha e apite o final do seu jogo!
Espero que você pelo menos tenha vencido a partida.

sábado, 28 de julho de 2012

Riacho



"Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena." Provérbios 24:10

Era uma vez um riacho de águas cristalinas, muito bonito, que serpenteava entre as montanhas.

Em certo ponto de seu percurso, notou que à sua frente havia um pântano imundo, por onde deveria passar.

Olhou, então, para Deus e protestou:

- Senhor, que castigo! Eu sou um riacho tão límpido, tão formoso,e você me obriga a atravessar um pântano sujo como esse! Como faço agora?"

Deus respondeu:

"Isso depende da sua maneira de encarar o pântano. Se ficar com medo, você vai diminuir o ritmo de seu curso, dará voltas e, inevitavelmente, acabará misturando suas águas com as do pântano, o que o tornará igual a ele.

Mas, se você o enfrentar com velocidade, com força, com decisão, suas águas se espalharão sobre ele, a umidade as transformará em gotas que formarão nuvens, e o vento levará essas nuvens em direção ao oceano. Aí você se transformará em mar".

Assim é a vida.

As pessoas engatinham nas mudanças.

Quando ficam assustadas, paralisadas, pesadas, tornam-se tensas e perdem a fluidez e a força.

É Preciso entrar pra valer nos Projetos de Vida, até que o Rio se transforme em Mar.

Se uma pessoa passar a vida toda evitando sofrimento, também acabará evitando prazer que a vida oferece.

Há milhares de tesouros guardados em lugares onde precisamos ir para descobri-Los.

Há tesouros guardados numa Praia deserta, numa noite estrelada, numa viagem inesperada, num salto de para-quedas.
O importante é ir ao encontro deles, ainda que isso exija uma boa dose de coragem e desprendimento.

Não procure o sofrimento.

Mas, se ele fizer parte da conquista, enfrente-o e supere-o.

Arrisque, ouse, avance na vida.

Ela é uma aventura gratificante para quem tem coragem de arriscar.
Roberto Shinyashiki

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Que você tenha



Que você tenha de tudo um pouco:
Sensibilidade Para não ficar indiferente diante das belezas da vida.
Coragem Para colocar a timidez de lado e poder realizar o que tem vontade.
Solidariedade Para não ficar neutro diante do sofrimento da humanidade.
Bondade Para não desviar os olhos de quem te pede uma ajuda.
Tranqüilidade Para quando chegar ao fim do dia, poder deitar e dormir o sono dos anjos.
Alegria Para você distribuí-la, colocando um sorriso no rosto de alguém.
Humanidade Para você reconhecer aquilo que você não é.
Amor Próprio Para você perceber suas qualidades e gostar do que vê por dentro.
Fé Para te guiar, te sustentar e te manter de pé.
Sinceridade Para você ser verdadeiro, gostar de você mesmo e viver melhor.
Felicidade Para você descobri-la dentro de você e doá-la a quem precisar.
Amizade Para você descobrir que, quem tem um amigo, tem um tesouro.
Esperança Para fazer você acreditar na vida e se sentir uma eterna criança.
Sabedoria Para entender que só o Bem existe, o resto é ilusão.
Para poder, todos os dias, alimentar a sua alma.
Amor Para você ter alguém para amar e sentir-se amado.

Para você se sentir feliz a cada amanhecer e saber que o Amor é a razão maior… para viver. Mas se você não tiver um amor, que nunca deixe morrer em você, a procura… o desejo de o encontrar.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Dia dos avós



Tempo, esse cicatrizante...

 O que mais nos dói e atrapalha na morte de quem amamos, de imediato, é o desaparecimento súbito do corpo. Essa repentina falta de assunto para os olhos físicos, bem acostumados que são com o tom da pele, o jeito dos cabelos, os diferentes desenhos de sorriso para cada contexto, a linguagem do olhar, a expressão corporal que cada um tem para falar e silenciar. E também o som da risada, o registro da voz, a textura do abraço, músicas que os sentidos ouvem e correm pra contar para o coração.
Fica, de cara, uma ausência esquisita. Esse estranho fechamento das cortinas quando o show continua a acontecer para nós. Essa inexistência física de um lugar para onde ir que nos permita encontrar o que habitualmente encontrávamos. Até nos darmos conta de que existem outros olhos para ver, a tristeza nos perturba. E dói. Dói muito.
Depois que a minha avó morreu, muitas vezes eu me flagrei tirando o telefone do gancho no ímpeto amoroso de ligar para ela para dividir alguma alegria ou algum desconcerto, como eu sempre fazia. Era um embaraço constatar, segundos depois, ao ouvir o sinal da linha, que, pelos meios materiais, não havia um número para o qual eu poderia discar e ela pudesse atender com a voz que era dela. Aquela pergunta rotineira que somente ela fazia: "tudo azul com bolinhas brancas?"
Somente o tempo me trouxe o conforto de aprender a encontrá-la no meu coração. De ouvir as coisas que ela certamente me diria se pudesse me dizer. De ver e sentir o seu sorriso tão nítido, tão próximo, na minha memória, que faz tudo ficar ensolarado, mesmo quando é cinza o céu do meu momento. Ninguém morre quando continua no outro. Mas só o tempo nos ensina o caminho dessa mágica do amor. Só o tempo, esse cicatrizante.

Ana Jácomo

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Coisas do Amor


Por que um coração escolhe o outro. Há coisas para as quais não temos respostas, nem explicações.
Às vezes o amor toma conta da gente sem pedir licença.
Chega devagarzinho, muitas vezes disfarçado, invade e pronto: se instala!
Ele contraria nossas regras, às vezes mesmo nossos gostos.
Muda nossos hábitos.
Torna adolescentes em adultos e velhos em adolescentes: não existe regra, não existe idade.
Se é surpresa para corações jovens, para os mais vividos é um presente dos céus, pois chegou na hora em que não se acreditava mais possível.
A esse é dado mais valor, nem mesmo tem preço.
Ele nos faz andar sem ter os pés na terra, nos dá asas, nos transporta e muitas vezes nos fere. Mas de ferida boa, dessas que a gente sofre mas conhece o remédio.
Ah! E esse remédio!…
Cura tudo, esquece tudo.
A raiva da manhã já não tem mais o mesmo sentido à noite.
O amor passa esponja como ninguém, só ele mesmo é que conta.
E esse amor que nos libera e nos deixa cativos é também a razão da nossa esperança, porque nos motiva, nos incita a ir mais além, nos dá força e coragem, mesmo se às vezes parece nos deixar débeis e frágeis.
Mas ele é contraditório e, por isso mesmo, fascinante.
Com ele vivemos; sem ele, apenas passamos pela vida.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Acreditar ou não em Deus



Uma das coisas que mais me impressiona é saber que existem pessoas que não acreditam em Deus, num Ser Supremo, numa força maior que reja todas as coisas. Pessoas que confiam simplesmente no acaso, na combinação de elementos da matéria para os eventos que nos ocorrem no dia a dia.
Como podem simplesmente atribuir isso ao acaso…
olhem o corpo humano, essa “máquina” perfeita, com seus mecanismos de funcionamento…
olhem o nascimento de uma criança…
olhem a vida ao seu redor…
olhem para o céu, tanto de dia quanto à noite… olhem as estrelas, o universo pela lente de um telescópio…
olhe para você mesmo no espelho…
e você ainda acha, que simplesmente, elementos se juntam ao acaso, numa “ordem ao caos” e transformam-se….
Como muitos dizem… “sou ateu, graças a Deus”…
… se você se enquadra nessas pessoas… REFLITA… saia um pouco do seu mundo e expanda sua mente, fique sentado em frente ao mar, contemplando tudo ao seu redor, veja um pôr-do-sol, vá para a beira de um rio com suas cachoeiras, olhe para as pessoas no movimento do dia a dia… reflita, reflita, e escute seu coração…
Paz e Luz todos!!

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Opções



Durante a visita a um hospital psiquiátrico, um dos visitantes perguntou ao diretor: - Qual é o critério pelo qual vocês decidem quem precisa ser hospitalizado aqui?

Respondeu o diretor:
- Nós enchemos uma banheira com água e oferecemos ao doente uma colher,
um copo e um balde e pedimos que a esvazie.

De acordo com a forma que ele decida realizar a missão, nós decidimos se o hospitalizamos ou não.

- Entendi - disse o visitante
- uma pessoa normal usaria o balde, que é maior que o copo e a colher.
- Não - respondeu o diretor - uma pessoa normal tiraria a tampa do ralo.

O que o senhor prefere?
Quarto particular ou enfermaria?

Dedicado a todos que escolheram o balde.

A vida tem muito mais opções… E muitas vezes são tão óbvias como o ralo, só falta enxergarmos.

sábado, 21 de julho de 2012

Provações


Não reclame das provações que a vida lhe
impõe; elas são necessárias para sua
evolução, para o amadurecimento
do espírito. Elas não são castigos,
...
mas sim valiosas oportunidades para você
conquistar a verdadeira felicidade.
Não são maiores que a sua capacidade
de suplantá-las; estão moldadas na medida
exata das suas necessidades evolutivas.

São as experiências mais difíceis que
nos proporcionam um crescimento maior
em direção da luz.

Se olhar à sua volta e observar os fardos
que outros estão carregando, vai perceber
que a vida tem sido generosa com você.

Você pode superar-se. Tome a sua cruz e
siga em frente. Busque as forças que
necessita em Jesus,
que, sem culpa, subiu o Calvário sob o
peso da cruz em favor de todos.

Nelson Moraes

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Otimismo sempre


Senhor...
Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes
E a não dizer mentiras para ganhar os aplausos dos fracos.

Se me dás fortunas, não me tires a razão
Se me dás sucesso, não me tires a humildade
Se me dás humildade, não me tires a dignidade.

Ajuda-me a enxergar o outro lado da moeda
Não me deixes acusar o outro, traindo os demais
Apenas por não pensarem igual a mim.

Ensina-me a amar os outros como a mim mesmo

Não deixes que me torne orgulhoso se triunfo
Nem cair em desespero se fracasso
Mas recorda-me que o fracasso
É a experiência que precede ao triunfo.

Ensina-me que perdoar é sinal de grandeza
E que vingança é sinal de baixeza.

Se não me deres o êxito
Dá-me forças para aprender com o fracasso. 

Se eu ofender às pessoas
Dá-me coragem para desculpar-me
E se as pessoas me ofenderem
Dá-me a grandeza para perdoá-las.

Senhor, se eu me esquecer de Ti,
Nunca se esqueça de mim.


Mahatma Gandhi

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Os sentimentos são surpresas



Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.

Clarice Lispector

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Guarde



Guarde nos olhos a certeza de que o amor existe e está ao alcance de cada um de nós. Guarde no coração a beleza de uma manhã de sol, rasgada pelo nevoeiro típico do outono. Guarde na memória todos os momentos interessantes pelos quais já passou na vida, ainda que tenham sido raros. Faça um esforço para ser mais feliz, ainda que esteja difícil.
Não se esqueça nunca do primeiro beijo, do primeiro olhar apaixonado, da primeira vez em que se interessou de forma diferente por alguém. Considere como aprendizado até os momentos de profunda tristeza: mais cedo ou mais tarde, você pode reverter a situação e dar boas risadas de tudo isso.
Se o seu dia está começando agora, significa que você começa em vantagem. Isto quer dizer que você terá tempo de se preparar para que este dia esteja o mais próximo possível do dia ideal para você.
Sua inteligência, seu talento, seus dons e virtudes devem ser bem aplicados. Cada minuto bem vivido é um exercício verdadeiro para o seu aprimoramento. Não jogue fora um só segundo do dia que se abre à sua frente. E esteja preparado para a oportunidade quando ela aparecer.
Portanto, viva tudo o que lhe é de direito e tire todo o proveito de cada boa sensação. Cada segundo tem que valer e merece um registro especial no seu arquivo pessoal.
Já dizia o poeta Vinícius:
“…a vida é pra valer E não se engane, não, tem uma só”.

terça-feira, 17 de julho de 2012

O turista



Conta-se que, no século passado, um turista foi à cidade do Cairo, no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio.
O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito simples e cheio de livros.
As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.
- Onde estão seus móveis? – perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa, perguntou também: – E onde estão os seus…?
- Os meus! – surpreendeu-se o turista – Mas eu estou aqui só de passagem!
- Eu também… – concluiu o sábio.
“A vida na Terra é somente uma passagem… No entanto, alguns vivem como se fossem ficar aqui eternamente e esquecem de ser felizes.
O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis
, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Depois do final de semana...



A partir de agora você retoma seu projeto de vida, que sofreu uma pausa para o seu merecido descanso. Você já viajou no sono, momento em que você refez as energias, enquanto o espírito viajou em experiências inconscientes, que vão servir de inspiração para este dia.
Lembre-se que o mais importante da vida não acontece de segunda a sexta e nem só aos sábados, domingos e feriados.
Lembre-se que a felicidade não escolhe datas.
O seu grande momento não escolherá hora, nem dia, nem lugar. Será onde você estiver. O que importa é estar preparado para o grande momento e não perder a sua perspectiva de que o momento presente pode estar sendo o seu
grande momento.
Mas não há nada como a força de uma nova manhã para encher o seu coração de esperança…
Lembre-se do ponto onde você parou na caminhada em busca dos seus sonhos. Reveja seus objetivos, reavalie sua estratégia e esteja sempre no comando.
Este será mais um dia decisivo na sua história. Tenha coragem para enfrentar o frio dos corações incrédulos sem perder o rumo; determinação, paciência e sabedoria para ultrapassar os obstáculos; tolerância para suportar quem você tiver de carregar. E fé, para não perder a esperança.

domingo, 15 de julho de 2012

Fazer a mesma coisa



"E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também." Lucas 6.31

O café da manhã que mamãe preparava era maravilhoso!

Embora fossemos uma família humilde, minha mãe sempre preparava com muito carinho a primeira refeição do dia. Era ovo frito com bacon, outro dia era ovo cozido, depois era pão com linguiça, lingüiça com ovo e pão... Tudo feito com simplicidade.


Ao acordar, naquela manhã, quando retornei da 'lua-de-mel', para ir ao trabalho, pensei que encontraria a mesa posta, o café da manha preparado.


Como estava acostumado com a casa da mamãe, pensei que acordaria com aquele gostoso cheirinho que vinha sempre da cozinha lá de casa.


Olhei para o lado e vi minha esposa, dormindo profundamente. Feito um anjinho - de pedra! Raspei a garganta, fiz barulho tentando acordá-la.

Nada!

Fui para o trabalho irritado, de barriga vazia.


O local do trabalho ficava a uns cinco minutos do apartamento que alugávamos.

Ao me sentar a mesa de trabalho, sentindo o estômago roncar, abri a Bíblia no seguinte trecho: 'O que quereis que os homens vos façam, fazei-o também
a eles' Lucas 6.31.

Disse pra mim mesmo: 'O Senhor não precisa dizer mais nada'.


No outro dia preparei o café da manha e levei na cama para minha esposa.

Ela acordou com aquele sorriso tão lindo!

Estamos para completar Bodas de Prata.

Nesses quase vinte e cinco anos de casamento, continuo repetindo esse gesto sempre que possível. E com muito amor!
Estou longe de ser um bom marido, mas a cada dia me esforço ao máximo...
Tenho muito a melhorar, tenho de ser mais santo, mais paciente, mais carinhoso.

Sinto-me ainda longe disso, pois o modelo que estou mirando é Jesus: Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela' Efésio 5.25

O matrimonio é um desafio, pois a todo o momento temos que perdoar e pedir perdão.
A cada dia temos que buscar forças em CRISTO, pois, sem Ele, nada podemos fazer (João 15.5)

Quando Paulo se despedia dos cristãos em Éfeso, citou uma bela frase de Jesus: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber. ' Atos 20.35.

Quando se descobre isso no matrimonio, descobre-se o principio da felicidade.

Por que muitos casamentos não tem ido adiante?

Porque o egoísmo tomou conta do casal. É o 'cada um por si' que vigora.

Estamos na sociedade do descartável: copo descartável, prato descartável, etc. Pessoas não são descartáveis, porem, o que não é descartável precisa ser cuidado para ser durável.

O mundo precisa do testemunho dos casais de que o matrimonio vale à pena!

E, para que isso aconteça, é necessário um cuidado amoroso e carinhoso por parte do marido e da esposa.

Ambos têm o dever de cuidar um do outro com renovados gestos de carinho e perdão diariamente.

É preciso declarar, todos os dias o amor, em gestos e palavras.

A primeira palavra que sempre digo para minha esposa ao iniciar o dia é: 'Eu amo você'.

Não é fácil dizer isso às vezes, pois muitas vezes acordo de mal comigo mesmo.

Então, faço uma oração pedindo ao Espírito Santo e Ele me dá a força do amor para aquele dia.

Recebo de Deus a força do perdão.

Faça isso agora também. Declare seu amor!

Aos solteiros e aos que ainda não se casaram, quero dizer o seguinte: 'Se você estiver pensando em se casar para ser feliz, não se case! Fique como está solteiro mesmo'. Mas, se sua intenção é casar, só se for para fazer alguém feliz, e não para ser feliz, nesse caso case-se e você será a pessoa mais feliz do mundo! O segredo da felicidade é fazer o outro feliz! Quem disse isso foi Aquele que mais entende de felicidade: 'DEUS'.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Lixos existenciais



" Se é verdade que a cada dia basta a sua carga, por que então teimamos em carregar para o dia seguinte nossas mágoas e dores?
Há ainda os que carregam para a semana seguinte, o mês seguinte e anos afora...



Nos apegamos ao sofrimento, ao ressentimento, como nos apegamos a essas coisinhas que guardamos nas nossas gavetas, sabendo inúteis, mas sem coragem para jogar fora.




Vivemos com o lixo da existência, quando tudo seria mais claro e límpido com o coração renovado.



As marcas e cicatrizes ficam para nos lembrar da vida, do que fomos, do que fizemos e do que devemos evitar.


Não inventaram ainda uma cirurgia plástica da alma, onde podem tirar todas as nossas vivências e nos deixar como novos.


Ainda bem.



Não devemos nos esquecer do nosso passado, de onde viemos, do que fizemos, dos caminhos que atravessamos.


Não podemos nos esquecer nossas vitórias, nossas quedas e nossas lutas.


Menos ainda das pessoas que encontramos, essas que direcionaram nossa vida, muitas vezes sem saber.



O que não podemos é carregar dia-a-dia, com teimosia, o ódio, o rancor, as mágoas, o sentimento de derrota.



Acredite ou não, mas perdoar a quem nos feriu dói mais na pessoa do que o ódio que podemos sentir toda uma vida.


As mágoas envelhecidas transparecem no nosso rosto e nos nossos atos e moldam nossa existência.



Precisamos, com muita coragem e ousadia, abrir a gaveta do nosso coração e dizer: eu não preciso mais disso, isso aqui não me traz nenhum benefício e eu posso viver sem.


E quando só ficarem as lembranças das festas, do bem que nos fizeram, das rosas secas, mas carregadas de amor, mais espaço haverá para novas experiências, novos encontros.




Seremos mais leves, mais fáceis de ser carregados mesmo por aqueles que já nos amam.



Não é a expressão do rosto que mostra o que vai dentro do coração?


De coração aberto e limpo nos tornamos mais bonitos e atrativos e as coisas boas começarão a acontecer.



Luz atrai, beleza atrai.


Tente a experiência!...


Sua vida é única e merece que, a cada dia, você dê uma chance para que ela seja rica e feliz"
(Letícia Thompson)

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Deus Coloca Uma Vírgula Onde Existe Um Ponto Final





“Deus, porém, ouviu a voz do menino; e o Anjo de Deus chamou do céu a Agar e lhe disse: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do menino, daí onde está. Ergue-te, levanta o rapaz, segura-o pela mão, porque eu farei dele um grande povo. Abrindo-lhe Deus os olhos, viu ela um poço de água, e, indo a ele, encheu de água o odre, e deu de beber ao rapaz.” Gênesis 21.17-19
Quantas vezes você passou por uma situação desesperadora como a de Agar? Quantas vezes você se sentiu abandonado em meio ao deserto?
O deserto é um lugar seco, árido, quente, sem expectativas... É um lugar de solidão, de angústia. Os desertos que enfrentamos na vida são assim: cruéis. Eles machucam, marcam, magoam...
Outro dia, li uma frase impactante: “DEUS COLOCA UMA VÍRGULA ONDE EXISTE UM PONTO FINAL”.
Todas as vezes que se sentir perdido, no meio do deserto, lembre-se disso. Para Agar e Ismael aquele era o fim, mas Deus decidiu que ali seria um recomeço. Esta é uma grande lição para nós. Podemos aprender algumas verdades a partir do texto:
Deus usa o deserto para nos atrair até Ele.
Num jardim há tantas flores, tantas variações de cores e formas... No deserto não existe nada. É areia por todos os lados. A paisagem não muda! Quando está tudo bem em nossas vidas, quando tudo parece caminhar conforme desejamos, muitas vezes nos esquecemos até de agradecer a Deus. Existe tanta coisa para se fazer, tantas pessoas em volta, tantas distrações. Nos momentos difíceis, quando atravessamos os “desertos” nas nossas vidas, temos somente Deus. Nesses momentos nosso clamor vem do fundo do coração.
Deus quer que você faça a sua parte.
O anjo disse a Agar: “Ergue-te, levanta-te!” Deus não se agrada de pessoas que desistem, que ficam prostradas. Diante das dificuldades, não devemos parar. Devemos acelerar nossos passos, com os olhos firmes, fitos no Senhor. Deus providenciou a água, mas Ele não a levou ali, onde Agar estava prostrada. Ela precisou levantar-se, ir até o poço, encher de água o odre. Ela precisou fazer a parte dela. Precisou agir!
Deus faz infinitamente mais do que pedimos ou pensamos.
Naquele momento, um copo de água seria a salvação de Agar e Ismael. A sede devia ser tanta que um só copo já seria o bastante.. Mas Deus faz infinitamente mais. Ele não providenciou um copo, Ele deu um poço!!! Eles saciaram não só seus corpos para aquele momento, mas ainda tiveram provisão para continuar a jornada. O nosso Deus é Jeová-jire, “Deus proverá”. Se Ele fez por Agar e Ismael, fará também infinitamente mais por mim e por você!
Autora: Elaine Predis

terça-feira, 10 de julho de 2012

Vasos quebrados



"Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete." Mateus 18.21-22


Poucas pessoas se dão conta de como é importante na vida a experiência do perdão. Ela é a chave especial que abre o caminho para a saúde emocional, para a cura de nossas feridas na alma.

Muitos vivem aprisionados pela raiva, pela culpa, pela amargura e pelos ressentimentos. Tais pessoas tornaram-se amargas, rancorosas, inseguras e, é claro, infelizes.Pessoas assim são emocionalmente doentes, prejudicando, inclusive, sua saúde física, com as chamadas doenças psicossomáticas - aquelas que aparecem no corpo (soma), mas originam-se na alma (psiquê).

Para quem deseja viver de maneira saudável - celebrar a vida em sua plenitude,crescer interiormente com o coração aberto e vivenciar o amor, a paz e a felicidade -, a experiência do perdão é imprescindível. Isto faz parte do processo de cura de nossas feridas e ajuda-nos a viver em liberdade.

Ao longo da existência, algumas pessoas nos fazem sofrer muito. Vivenciamos situações traumáticas que deixam em nós marcas profundas.

Sentimos-nos como vasos quebrados.

Temos a sensação de que nunca mais seremos inteiros outra vez.


Algumas experiências dolorosas nos deixam aos pedaços, com sentimentos e sonhos fragmentados.


Como nossa cultura ocidental pouco ensina sobre a prática do perdão, não sabemos perdoar como condição de liberdade e paz interior.

Sem isso, podemos desenvolver uma percepção negativa de nós mesmos por conta de fracassos, dissabores e perdas que não conseguimos superar.


A vida fica aprisionada pelas lembranças desconfortáveis de um passado que insiste em permanecer vivo.


O perdão é uma condição para a cura interior.


Ele tem o poder de restaurar aquilo que foi quebrado e de reconstruir a vida dos fragmentos que restaram.


Ele é a semente que faz a vida brotar outra vez.

Logo, perdoar não significa tolerar aquilo que não aceitamos, nem fingir que tudo está em quando sabemos que não está.


Não implica apenas mudar de comportamento só para agradar os outros, nem mentir para si mesmo dizendo que esqueceu quando a amarga lembrança ainda dói.


Perdoar é permitir-se uma nova maneira de olhar as pessoas e as circunstâncias ao redor sem sofrimento.


É lembrar sem sentir dor.


Perdoar implica libertar-nos do fardo que nos toma vítimas de experiências e lembranças desagradáveis e começar a viver novamente.

Perdoar, tanto a si como aos outros é uma decisão pessoal.


Depende da nossa vontade.


Tal experiência só é possível pela presença de Deus em nós.


Perdoar é, portanto, permitir que o Senhor reconstrua nossos sonhos e sare nossas feridas.
Autor Pr. Estevam Fernandes

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Conduta



Em uma cidade interiorana havia um homem que não se irritava e não discutia com ninguém.

Sempre encontrava saída cordial, não feria a ninguém, nem se aborrecia com as pessoas.

Morava em modesta pensão, onde era admirado e querido.

Para testá-lo, um dia seus companheiros combinaram levá-lo à irritação e à discussão numa determinada noite em que o levariam a um jantar.

Trataram todos os detalhes com a garçonete que seria a responsável por atender a mesa reservada para a ocasião. Assim que iniciou o jantar, como entrada foi servida uma saborosa sopa, que o homem gostava muito.

A garçonete chegou próxima a ele, pela esquerda, e ele, prontamente, levou seu prato para aquele lado, a fim de facilitar a tarefa.

Mas ela serviu todos os demais e, quando chegou a vez dele, foi embora para outra mesa.

Ele esperou calmamente e em silêncio, que ela voltasse. Quando ela se aproximou outra vez, agora pela direita, para recolher o prato, ele levou outra vez seu prato na direção da jovem, que novamente se distanciou, ignorando-o.

Após servir todos os demais, passou rente a ele, acintosamente, com a sopeira fumegante, exalando saboroso aroma, como quem havia concluído a tarefa e retornou à cozinha.

Naquele momento não se ouvia qualquer ruído. Todos observavam discretamente, para ver sua reação.

Educadamente ele chamou a garçonete, que se voltou, fingindo impaciência e lhe disse: o que o senhor deseja?

Ao que ele respondeu, naturalmente: a senhora não me serviu a sopa.

Novamente ela retrucou, para provocá-lo, desmentindo-o: servi, sim senhor!

Ele olhou para ela, olhou para o prato vazio e limpo e ficou pensativo por alguns segundos…

Todos pensaram que ele ia brigar… Suspense e silêncio total.

Mas o homem surpreendeu a todos, ponderando tranquilamente: a senhorita serviu sim, mas eu aceito um pouco mais!

Os amigos, frustrados por não conseguir fazê-lo discutir e se irritar com a moça, terminaram o jantar, convencidos de que nada mais faria com que aquele homem perdesse a compostura...

Bom seria se todas as pessoas agissem sempre com discernimento em vez de reagir com irritação e impensadamente.

Ao protagonista da nossa singela história, não importava quem estava com a razão, e sim evitar as discussões desgastantes e improdutivas.

Quem age assim sai ganhando sempre, pois não se desgasta com emoções que podem provocar sérios problemas de saúde ou acabar em desgraça.

Muitas brigas surgem motivadas por pouca coisa, por coisas tão sem sentido, mas que se avolumam e se inflamam com o calor da discussão.

Isso porque algumas pessoas têm a tola pretensão de não levar desaforo para casa, mas acabam levando para a prisão, para o hospital ou para o cemitério.

Por isso a importância de aprender a arte de não se irritar, de deixar por menos ou encontrar uma saída inteligente como fez o homem no restaurante.

Pense nisso!

domingo, 8 de julho de 2012

Se não houver confiança, afaste-se



Amor não pode ser ciumento, é impossível.

Sempre é confiante, e se algo acontece que quebra a sua confiança,
você tem que aceitar isso; nada pode ser feito a respeito,
porque tudo o que você fizer destruirá o outro.

A confiança não pode ser forçada; o ciúme tenta forçar.

O ciúme tenta, obriga-o a fazer qualquer esforço para que a confiança possa ser mantida.

Mas confiança não é algo para ser mantido; está lá ou não está.

E eu digo novamente, nada pode ser feito a respeito.

Se estiver lá você continua; se não estiver lá, melhor afastar-se.

Mas não lute para isso, porque você está desperdiçando tempo, vida.

Se você ama alguém e o seu interior fala com o interior do outro,
você tem uma reunião de seres, é bom, bonito; se não estiver acontecendo, afaste-se.

Mas não crie qualquer conflito, luta ou briga para mudar isso,
porque não é algo que pode ser alcançado por meio de uma briga e o tempo será perdido,
e não só o tempo, a sua capacidade será prejudicada.

Você pode começar novamente com outra pessoa repetindo o mesmo padrão.

Portanto, se não houver confiança, afaste-se, quanto mais cedo, melhor,
assim você não será destruído, assim você não será prejudicado,
assim sua capacidade para amar permanecerá fresca e você poderá amar outro alguém.

Esse não é o lugar, esse não é o homem, essa não é a mulher para você.
Mudem, mas não destruam um ao outro.

A vida é muito curta e as capacidades são muito delicadas; elas podem ser destruídas,
e, uma vez danificadas, não há como consertar.

Osho

sábado, 7 de julho de 2012

As espigas




Um camponês seguia com o filho pela plantação, para ver se o trigo estaria maduro em breve.

- Papai, por que algumas espigas se inclinam tanto para o solo e outras se erguem tão para o céu? - disse o menino. - As que se elevam, decerto, são melhores e as que estão arriadas não prestam.

- Veja, filho - respondeu o pai -, estas espigas que modestamente se inclinam estão cheias de bons grãos. As que estão orgulhosamente voltadas para o céu estão secas e não servem para nada.

As aparências podem nos enganar todos os dias, todas as horas.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Ser feliz é uma arte



Ser feliz é uma benção em nossas vidas, leia esta mensagem e reflita sobre sua felicidade:
1) Acorde todas as manhãs com um sorriso. Esta é mais uma oportunidade que você tem para ser feliz.
2) Seja seu próprio motor de ignição. O dia de hoje jamais voltará. Não o desperdice, pois você nasceu para ter felicidade!
3) Enumere as boas coisas que você tem na vida. Ao tomar consciência do seu valor, você será capaz de ir em frente com muita força, coragem e confiança para er felicidade!
4) Não se queixe do seu trabalho, do tédio, da rotina, pois é o seu trabalho que o mantém alerta, em constante desenvolvimento pessoal e profissional. Além disso, o trabalho te ajuda a manter a dignidade. Acredite. Seu valor está em você mesmo, acredite nisso e você vai ser feliz.
Felicidade não tem preço!!!
5) Não se deixe vencer, não seja igual, seja diferente. Se nos deixarmos vencer, não haverá surpresas, nem alegrias …
6) Conscientize-se que a verdadeira felicidade está dentro de você. A felicidade não é ter ou alcançar, mas sim, dar. Estenda sua mão.
7) Compartilhe. Sorria. Abrace. A felicidade é um perfume que você não pode passar nos outros sem que o cheiro fique um pouco em suas mãos.
8) O importante de você ter uma atitude positiva diante da vida, ter o desejo de mostrar o que tem de melhor, é que isso produz maravilhosos efeitos colaterais. Não só cria um espaço feliz para o que estão ao seu redor, como também encoraja outras pessoas a serem mais positivas.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Pessoas são música



Elas entram na vida da gente e deixam sinais. Como a sonoridade do vento ao final da tarde. Como os ataques de guitarras e metais presentes em cada clarão da manhã.
Olhe a pessoa que está ao seu lado e você vai descobrir, Olhando fundo, que há uma melodia brilhando no disco do olhar.
Procure escutar. Pessoas foram compostas para serem ouvidas, sentidas, interpretadas. Para tocarem nossas vidas com a mesma força do instante em que Foram criadas, para tocarem suas vidas com toda essa magia de serem músicas.
E de poderem alçar todos os vôos, de poderem vibrar com as notas, de poderem cumprir, Afinal, todo o sentido que a elas foi dado pelo compositor.
Pessoas são músicas como você. Está ouvindo? Como você. Pessoas têm que fazer sucesso. Mesmo que não estejam nas paradas. Mesmo que não toquem no rádio.
(José Oliva)

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Tensão e hostilidade

 

Nós nos “vingamos de Deus” ao retalharmos aqueles que ele criou, especialmente os que se encontram bem próximos de nós. Elizabeth Eliot

Se existe uma fonte geradora de dores emocionais, capazes de provocar as mais dilacerantes angústias na alma, esta tem a ver com relacionamentos quebrados. Quando sua relação com as outras pessoas está se fragmentando, saiba que esse é um sinal indicador de que existe também uma tensão na sua relação com Deus.

Quanto maior for sua inabilidade em entender o amor de Deus, seu caráter e sua Graça – independente das circunstâncias em que você possa se encontrar -, maiores serão suas chances de se envolver em problemas de relacionamento pessoal.

Tente no dia de hoje se concentrar pelo menos por alguns minutos, buscando descobrir onde você tem contribuído para essa tensão e hostilidade. Um simples, honesto e transparente exame pessoal poderá trazer a você uma compreensão mais abrangente dessa dolorosa circunstância. Você não apenas alcançará um controle saudável sobre esse momento, como estará dando a Deus a oportunidade que ele está esperando para fazer uma enorme e qualitativa diferença na sua vida.

Nélio DaSilva

Para Meditação:

Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. João 1:6-7

terça-feira, 3 de julho de 2012

Corrigindo o desequilíbrio

 

Conhecimento é um processo de acumular fatos; porém, a sabedoria consiste na simplificação desses fatos. Martin H. Fischer

A lgumas pessoas, quando diante de dificuldades e aflições, elas se fortalecem. Outras, porém, quando diante de tais situações, se enfraquecem. A diferença entre ambas, nada mais é do que uma questão de escolha.

A maioria dos desafios na vida são definidos pelo desiquilíbrio entre ver as coisas como elas são ou ver as coisas como você gostaria que elas fossem. E como tal, elas representam uma ótima oportunidade de corrigir esse desiquilíbrio. Isso porque eles trazem esse desiquilíbrio diante de você com clareza e de maneira pessoal e significativa. Dessa maneira, você pode fazer alguma coisa a respeito da situação.

É a gratidão e aceitação que o capacitam a ver claramente uma nova e maravilhosa realidade. Pode parecer estranho ser grato pelos desafios, dificuldades e desapontamentos. Porém, é tal abordagem que lhe permite viver uma vida positiva com o melhor que esta existência pode oferecer.

Nélio DaSilva

Para Meditação:

A minha alma descansa somente em Deus; dele vem a minha salvação. Salmos 62:2