sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Cicatrizes



Há muito tempo atrás, existiu uma menina, muito linda, saudável e amável.


Mas a menina ficava constrangida sempre que a viam com a sua mãe.


A mãe da menina era cheia de cicatrizes no corpo e no rosto.


Mas as mãos da senhora eram ainda mais horrorosas.


Não entendia porque a mãe era assim, e se constrangia com a sua presença na escola ou em festinhas a qual era convidada.


Um dia, cansada de ser esculachada pelas colegas e ouvir comentários de pena dos professores, a menina chamou a mãe e perguntou:


– Mãe, não há nada que você possa fazer em relação ao seu corpo e suas mãos?


– Por que você não é igual a mãe das minhas colegas, que são lindas e possui mãos mais belas ainda?


A mãe olhou para a filha e respondeu:


– Há sete anos atrás, eu estava tomando banho e a minha empregada deixou uma vela acesa próximo da cortina. A cortina pegou fogo em contato com a vela.


Saí do banho e fiquei desesperada, próximo a cortina estava o seu berço minha filha. Desesperada e vendo o fogo se alastrar, puxei a cortina com as minhas mãos, e, sem querer a cortina se enrolou no meu corpo, com o fogo alto.


A empregada trouxe um balde de água, e foi por isso que me salvei a tempo.


Mas as cicatrizes se tornaram irreversíveis.


Mas não me arrependo, e a feiúra das minhas mãos foi um preço pequeno a pagar pela sua vida. A menina chorou e se abraçou a mãe, pedindo perdão.


Daquele momento em diante, nunca mais se envergonhou dela, e todos os dias repetia: obrigada. Agradeça sempre aos seus amigos e parentes por se preocuparem com você, e nunca se envergonhe das deficiências dos outros. Lembre-se, que por amor fazemos qualquer coisa, e que a beleza é algo secundário.




Um comentário:

SDaVeiga disse...

LINDO!!!

Uma vez vi uma citação que me marcou, mas não sei quem disse:
"O que é belo nem sempre é bom, mas o que é bom é sempre belo!"

O amor, a integridade, a alma, o carinho, o respeito, a inteligência, tudo isso SAI de dentro para fora, não ESTÁ por fora...

Por isso sei que és uma pessoa linda: porque o que escreves é lindo e o partilhas connosco, reles mortais... :)