quarta-feira, 30 de maio de 2007

Sobre Prepotência e Arrogância


O Prepotente: Autoritário e pedante Tripudia o semelhante Pra dar vazão ao egoísmo.

Julga-se superior, Seus conceitos -- um horror! Não reconhece o altruísmo.


Acima da capacidade intelectual e profissional, está a capacidade de reconhecer que nenhuma verdade é absoluta. Ter a humildade em admitir o próprio erro, mesmo que isto represente situação adversa, é digno e nos aproxima das outras pessoas. O segredo do sucesso, começa por ser querido por todos. A chance de obter sucesso é inversamente proporcional ao número de inimigos que você cria. Ter confiança em si próprio, sim. Ser arrogante, JAMAIS. Não confunda arrogância com coragem, ousadia liderança ou segurança.


Os arrogantes colecionam fracassos, mas todos sempre são justificados e cada justificativa incabível, gera outro fracasso e o ciclo nunca é interrompido.

O arrogante tem características facilmente notadas:


Jamais se considera arrogante. Em sua opinião, ele apenas defende suas posições e princípios

Quando fracassa, a culpa é dos outros ou a sorte não o acompanhou

Cobiça o sucesso dos outros, mas é claro que não assume isso, “afinal ele é a personificação do sucesso”

Quando reconhece um erro, o que é muito raro, justifica-o mentindo ou omitindo detalhes

Exige ser ouvido, mas não dá ouvidos à ninguém

Quando solicita opinião, é apenas um meio de autoafirmação. Seu desejo é ser aprovado, caso contrário desconsidera a opinião dada

Humilha e destrata quem o desagrada ou tem opinião diferente da sua

Acha que tem controle sobre tudo, inclusive sobre as pessoas

Tem solução para os problemas alheios, mas jamais consegue resolver os seus

A sua palavra obrigatoriamente prevalece sobre qualquer outra

Sempre enaltece suas supostas qualidades

No auge de sua falsa modéstia, diz que seu maior “defeito” é ser perfeccionista

Critica à todos, porém desconhece o que seja autocrítica

É egoísta, mas exige solidariedade das pessoas

É mentiroso e acredita na própria mentira

Não é respeitado e sim, temido

Dificilmente agradece por um favor recebido, pois jamais reconhece que o recebeu

Se considera o melhor amigo, o melhor conselheiro, o melhor filho, o melhor pai, o melhor marido, o melhor amante, o melhor profissional, o melhor sujeito e por isso raramente muda de atitude

Passa a vida pensando que é querido por todos, quando na verdade é odiado por muitos

Tem uma vida infeliz ou medíocre, se achando a pessoa mais feliz do mundo

O arrogante termina a vida se arrependendo tarde demais por tudo o que causou aos outros e à si mesmo

As vezes, agindo com a arrogância, algumas pessoas conseguem o que querem à curto prazo, mas a longo prazo perdem o que há de mais precioso na vida: a amizade, o respeito e o carinho das demais pessoas. O indivíduo "tem tudo na vida", mas não se sente feliz.
O arrogante é cercado por uma nuvem negra de problemas que afeta todos aqueles que por uma infelicidade, estão ao seu lado. Distancie-se dele !

"As pessoas de grande arrogância não possuem integridade, vacilando e mudando de opinião conforme a situação.

Fazem guerra, matam, roubam, enganam e se justificam inventando um motivo nobre.

Agem com arrogância os que ensinam aos outros o que eles próprios desconhecem. Quem não sabe para si, não ponha escola."


O arrogante certamente considerará este texto, como sendo arrogância de quem o escreveu ou simplesmente continuará justificando seus atos e tentando mostrar qualidades onde não existe.

Um comentário:

Anônimo disse...

vc conhece alguem que possua algumas dessas caracteristicas. Faça uma introspecção e mude, eu precisei mudar, faça o mesmo e boa sorte.