quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Ano Novo; Novas atitudes



Muitas vezes nos vemos repetindo os mesmos modelos negativos de conduta. Nos sentimos atraídas por pessoas que nos deixam infelizes, vivemos insatisfeitas com o emprego ou trabalho, com o nosso corpo, insistimos em pensar de maneira improdutiva, criando pessimismo e negatividade.
Queremos mudar, mas não sabemos o que ou como fazer.

Às vezes dizemos para nós mesmas que simplesmente não tivemos sorte. Chegamos até a culpar os outros ou a vida em si pela nossa infelicidade ou fracassos.
Sofrendo, nós desejamos saber:
"Por que isto está acontecendo comigo?"
"O que devo aprender com tudo isso"?
Na realidade, essas são excelentes perguntas.

Não podemos mudar o que já aconteceu, mas temos o poder para decidir sobre como perpetuar os efeitos dessas "coisas" que atraímos para a nossa vida, através das nossas atitudes.
É totalmente possível acabar com os nossos hábitos negativos.
O primeiro passo consiste em admitir que o hábito existe.
Depois podemos examinar quais foram as circunstâncias da vida que nos levaram (levam) a atrair essas situações "nocivas".

No decorrer desse processo, vamos aprendendo a assumir a responsabilidade pela direção que damos à nossa vida. Por piores que sejam as tendências que nos marcam desde o nascimento, não temos a obrigação de ser afetadas por elas a vida inteira. Somos dotadas de livre-arbítrio e podemos interceder em nosso destino, se necessário for, para o transformar e mudar.
Um antigo poema em sânscrito diz: "O ontem não passa de um sonho e o amanhã não passa de uma visão; mas o hoje bem vivido faz do ontem um sonho de felicidade e do amanhã uma visão de esperança".

Um comentário:

SDaVeiga disse...

Rita, o meu hoje é mais rico graças à tua presença na minha vida, ontem, hoje e sempre! :-)

Muito obrigada pela contínua inspiração e que 2013 seja um ano cheio de Saúde, Amor, Alegra, Amizade, Paz, Harmonia e Prosperidade! :-)
Tudo de bom amiga,
Sónia